Campo Magnético em 3D


Material:

  • ímã;
  • fio de costura;
  • folha de papel;
  • palha de aço fina (p.ex. Bombril);
  • um frasco transparente de óleo fino (Johnson);
  • tesoura e fita adesiva.

Consiga um ímã qualquer e amarre nele um fio comprido. Segure o fio pela ponta e veja o que acontece com o ímã quando está pendurado.

Você logo notará que mesmo tirando o ímã da sua posição ele, ao parar, volta teimosamente à mesma direção de sempre. Por que?

Porque o nosso planeta Terra, como um grande ímã, força esse pequeno ímã que você pendurou a se alinhar com ele. Assim também funcionam as bússolas. A setinha da bússola que aponta sempre para o Norte, é um ímã que se orienta devido ao magnetismo da Terra.

Um ímã produz uma força sobre outros ímãs e sobre alguns tipos de metais a sua volta. A direção dessa força no espaço ao seu redor, é o que chamamos de campo magnético.

Esse campo pode ser visto facilmente de duas maneiras:

  1. Coloque sobre o ímã uma folha de papel. Esfregue agora dois pedaços de Bombril sobre a folha de papel. Os pedacinhos de Bombril ao cairem sobre a folha se alinharão com o campo magnético do ímã que está debaixo do papel formando um interessante desenho.
  2. Consiga um frasco transparente de óleo fino (por exemplo: Óleo Johnson). Verifique se de que o frasco possui um lado transparente e outro com fundo branco. Se ele for todo transparente, cole ou prenda com fita adesiva uma folha de papel em um dos lados. Desenrole a palha de aço e corte pequenos pedaços de aproximadamente 2 mm. Coloque uma colher de chá do Bombril cortado dentro do frasco. Agite bem e aproxime o ímã da lateral do frasco.
    Observe que cada pedaço da palha de aço se orienta na direção do campo magnético, possibilitando a visualização do campo magnético do ímã.

Tente visualizar o campo de outros ímãs que possuam formatos diferente

 
Ultima atualização: 12/07/2002
Clube de Ciências Quark